BN20 | Você bem perto da notícia

Moradores de Feira de Santana não recebem correspondência em ruas sem nome

Publicada em 06/04/2017 ás 08:44:35

 

A cidade de Feira de Santana, tem cerca de 200 ruas sem registro ou com dois nomes diferentes, o que prejudica cerca de 8 mil famílias que passam por problemas na entrega de correspondências pelos Correios, segundo levantamento da prefeitura.

O maqueiro Orlando Leal Pereira mora há 10 anos no loteamento Alto da Caatinga, na Rua Águia Dourada, do bairro Tomba, e nunca recebeu uma correspondência entregue pelos Correios, por falta de registro da rua.
 
Em janeiro, foi colocada na rua em que Orlando mora uma placa com o nome do logradouro e o CEP, mas as correspondências continuam sem chegar na casa dele. O maqueiro precisa endereçar próprias correspondências na casa de uma parente que mora no bairro Panorama.
 
“É como se aqui não existisse. Eu corri atrás e consegui registrar essa rua com o CEP, mas ainda não existe nos Correios”, reclama.
 
A Secretaria de Planejamento do município criou, em 2014, o projeto "Minha rua tem um nome", que identificou algumas ruas sem registro. "Fizemos um projeto piloto no bairro do Tomba, onde foi colocado um nome em ruas que não tinham nome ou dois nomes [diferentes]. Foi legalizada em termos da legislação. A prefeitura tem buscado solucionar, cobrando dos Correios agilidade nos processos”, diz o secretário de Planejamento da cidade, Carlos Alberto Oliveira Brito.
 
Os Correios informaram que a entrega das correspondências nas ruas afetadas deve começar no final do semestre. “A previsão é no final do semestre, para que a gente possa terminar todo esse estudo, para começar a entrega o mais rápido possível”, diz o gerente regional, Max Silva.
 
 
Publicidade
 

Portal BN20
Related Posts with Thumbnails

Leia Também

24/07

23/07

21/07

20/07

20/07

19/07

19/07

18/07

17/07

14/07


Publicidade